Conceição de Maria

Não sei quem és tu que vens me visitar. Apenas te adivinho. Mas entra: as páginas são tuas. O que há de meu é teu, que te ofereço. Hoje, a timidez das horas já me carrega um pouco entre parênteses; assim mesmo, sou exatamente o que me dás de ti. E sou gabrielense desde que me lembro, advogada mulher e mãe mais o que podes ver no meu pequeno mundo onde chegaste. O resto quase não importa. Conceição de Maria

Mostrando um único resultado