Daniela Damaris

Daniela Damaris Neu nasceu em 1º de novembro de 1985, em Agudo, região central do RS, onde escreveu seus primeiros versos. Residiu em Santa Maria, em função de seu curso de graduação: Letras. Hoje, vive em Porto Alegre, cidade em que se sente em casa pelo amplo leque de possibilidades culturais que oferece. Atua, profissionalmente, como professora de Língua Inglesa, Língua Portuguesa e revisora de textos. Em abril de 2010 recebeu Menção Honrosa com “Soturna Conjuntura”, nos 2º Jogos Florais do Século XXI, concurso internacional de poesia realizado pela aBrace, editora de Brasília. Participou do evento de premiação em Montevidéu, Uruguai, onde proferiu palestras informais sobre Literatura e poesia, além de participar de saraus poéticos. Sua poesia integra o livro resultante do referido concurso. É amante inveterada das artes, em especial da poesia. Sente-se inspirada, especialmente, por Florbela Espanca, Cecília Meireles, Alfonsina Storni, Carlos Drummond de Andrade, Fernando Pessoa, Affonso Romano de Sant’Anna e Lara de Lemos, leituras que fazem parte de sua vida desde a adolescência. Define sua poesia como “resquícios de dores do mundo sob os ombros e a alma do poeta. Suas, alheias… Não importa. Tristezas, alegrias, amores, dissabores: retrato da vida que passa. Sonho da vida que vem. Lembranças do que se foi, ou do que sequer foi. Poesia: sangue que verte de mãos de poetizar.”

Mostrando um único resultado