O coronel é o lobisomem

Obra comercializada diretamente com o autor.

Contato pelo telefone (51) 32687803

R$15,00

Fora de estoque

Descrição

Orli Costa é um grande contador de histórias. E aí vai um grande elogio, pois o imorredouro Erico Verissimo também assim gostava de ser identificado. Os dois têm em comum o domínio da palavra. Mais, da criatividade literária. Pois neste seu segundo livro publicado aprimora e amplia as qualidades anteriores apresentadas em Entre o ódio e a paixão – Revelações, de 2008. A caminhar longe se começa por caminhar perto, e a escrever bem se aprende pelo exercício contínuo, desde que o escritor, a exemplo de Orli Costa, seja um predestinado das letras.
O autor tematiza sobre os chamados “Irmãozinhos fuzilados,” histórias terríveis; e sobre teu detetive para lá de folgado, arriscando o pelo, mas tudo muito bem narrado e com uma maneira especial de contar as histórias todas. Tens um talento raro de nos carregar com tua narrativa. O Sátiro e a ninfeta, nos alerta que somos todos mortais. E pecadores, por cima. Mas pecados naturais, humanos, e bons, ora! Bem, então Fumando Espero… mas espero que demore o fim do livro, por que todo seu desenrolar é uma magia só. E o melhor, nem precisa se ser gente da fronteira para nos sentirmos em casa nessa leitura. Que coisa!
Por fim, Crime na esquila até música nos traz à mente: “Quando é tempo de tosquia já clareia o dia…), um luxo esse teu conto. Bem a propósito vem a encerrar o livro. Curiosamente, parece não haver nada parecido ou algo que ligue tua literatura aos Cem anos de solidão do grande Gabriel Garcia Marquez, mas que o livro dele e o teu tem pontos de contato, a tem. E esse é o maior elogio que posso fazer ao escritor e amigo Orli. Sem favor nenhum. Olha, nada ficas a dever a grandes nomes de nossa literatura gaucha e gauchesca.

Informação adicional

Peso 1 kg
Dimensões 20 x 11 x 2 cm